.

Até quando podemos recomeçar?


Eis-me de volta ao blog!

Juro para vocês que a intenção não era ter tido pausa alguma em 2017, no máximo pequenas delas devido a viagens, enfim...mas a vida, como filosofaria os jogadores de futebol, “é uma caixinha de surpresas”  😁

De abril pra cá foram tantos acontecimentos seguidos (mudança de casa, nova cirurgia entre outras coisas) que quando percebi estava sufocada por tudo aquilo.

Apesar disso, se eu disser que estava sem tempo estaria mentindo, porque quando queremos encontramos tempo para tudo, não é verdade? Eu poderia ter escrito um post por semana ou na pior das hipóteses dois por mês, mas o que me faltava era inspiração para blogar.

Engraçado, pois não foi por falta de assunto. Tenho um caderninho onde anoto todas as ideias para abordar no blog, tantos temas bacanas (modesta parte rs), posts iniciados, mas quando sentava para escrever, nada surgia.

Demorei a entender o motivo, mas descobri. Era a junção de várias coisas, sendo a principal delas a pressão interna. 

Justamente eu que estava disposta a viver de forma mais leve, sem tantas cobranças, como contei para vocês, estava caindo novamente nesta armadilha, transformado o blog, involuntariamente, em uma obrigação.

Aquele momento prazeroso de registrar as minhas experiências, com o intuito de inspirar outras pessoas, aos poucos foi se sufocando na implacável “TENHO QUE..., DEVO FAZER...”.

“Ah, mas na vida não fazemos só o que gostamos, temos nossas obrigações!”

Concordo, mas o blog era minha válvula de escape, meu hobby e aos poucos isso estava se perdendo.

Não quero dizer que o Embarque não possa se tornar minha atividade principal, mas sim que quero aprender a lidar e equilibrar o prazer em escrever com a necessidade de postar, me entendem?

Por isso que muitos podem até questionar: “Nossa, Simone, mas você está recomeçando pela segunda vez no mesmo ano?”

E eu respondo: Sim, pela segunda vez e por quantas vezes mais sejam necessárias. Sabe por quê? Porque sou imperfeita como qualquer um, sou aprendiz como qualquer um, mas sou humilde para reconhecer e aprender com meus erros e persistente o suficiente para dar a volta por cima e não desistir daquilo que acredito.

Assim, estou de volta! Com a única promessa de fazer e trazer o meu melhor a cada dia!

Beijos e até o próximo embarque!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!