.

Lembranças de outros carnavais

Outros Carnavais



Em plena segunda de carnaval me bateu uma nostalgia, acredita? 😐 Fiquei lembrando de outros carnavais, daqueles vividos na minha infância e adolescência.

Sempre gostei deste festejo, de me fantasiar, brincar e dançar muito ao som das marchinhas.

Desde criança eu pedia para minha mãe me levar aos bailinhos infantis. Adorava me produzir! Minha fantasia preferida era de cigana, por causa do colorido e das moedinhas que faziam parte das pulseiras e faixa de cabelo rs

Lá ia eu brincar carnaval com minhas amiguinhas, jogar confete e serpentina. Saía da festa no final da tarde, encharcada de tanto dançar e repetia tudo nos quatro dias de folia. Quem me conhece atualmente jamais imaginaria isso 😊

Pena que eu não tenho fotos dessa época, mas foi tão marcante que me lembro em detalhes.

Na adolescência, até por volta dos meus quinze anos, continuei carnavalesca, ia aos bailinhos nos quatro dias de festa. Não mais fantasiada, afinal, ninguém da minha idade se fantasiava e, portanto, eu também não (coisas da aborrecência rs). Mas a animação...ah essa sim, nunca faltou 😉

Estava naquela fase pré-adolescente, onde ao mesmo tempo em que brincava de boneca, começava a ter as paixonites e paquerinhas... ih se os bailinhos da Vila Maria Zélia falassem kkkkkk Melhor deixar pra lá 😇 Brincadeirinha, era tudo sem malícia, paquerinha ingênua mesmo rs

Não sou velha, mas na minha geração era assim, até os 15 anos éramos um misto de meninas e mocinhas, bem diferente de hoje em dia.

Ah, era tão bom...

Até que chegou a época do vestibular, depois a correria da faculdade, trabalho, as responsabilidades da vida adulta e acabei deixando o feriado de carnaval para descansar e não mais para festejar.

Passaram-se muitos anos até que a festeira adormecida acordou! Estive em alguns pré-carnavais realizados pelo CCBB-SP e Sesc-SP, ao som das marchinhas, do jeito que eu gosto.

Carnaval no CCBB-SP, pena que não fizeram mais... (Foto: Simone Pequeno)

Foi bom demais, me fez recordar a época em que se aproveitava o carnaval de maneira simples e saudável, sem desrespeito e confusão, onde a palavra-chave era "Brincar" o carnaval! Realmente brincar, se divertir pura e simplesmente.

Participar desses eventos aflorou-me a vontade de conhecer mais o carnaval da minha cidade, foi aí que no ano passado participei pela primeira vez, do carnaval de rua de São Paulo e adorei!

Carnaval de rua SP-2016  (Foto: Gicelle Pereira)

Em um único final de semana fui a 04 Blocos, me diverti muito, valeu super a pena!

Porém neste ano, não aproveitei tanto assim, fui apenas a um bloco e me decepcionei, acho que por isso acordei tão nostálgica...diferente de 2016, desta vez presenciei cenas lamentáveis: muita gente bêbada, ok sei que você vai dizer que isso é comum, mas estava demais, era muuuuita bebedeira, tinha gente com garrafa de vodca e uísque, agora imagina misturar tudo isso com cerveja e sabe lá o que mais...vi pessoas pulando grades do local da festa, pois o portão estava fechado, devido a capacidade máxima ter sido atingida e um montão de outras coisas que nem cabe falar aqui.

Foi uma experiência ruim e eu que sempre tive boas recordações do carnaval, me deparei com o contrário. Depois disso, confesso que carnaval de rua, para mim, só se for bloco pequeno de bairro e olhe lá. Pode ser que um dia algo me faça mudar de ideia (tomara!), mas por enquanto será assim.

Por tudo isso é que para muitos o carnaval é sinônimo de desordem e imoralidade, mas entendo que o problema não é a festa em si, é a maneira como as pessoas se comportam.

Onde está escrito que no carnaval pode tudo? Não pode, não! Tem que saber aproveitá-lo bem, com muita diversão, mas com limites, como tudo na vida.

O bom folião é aquele que coloca um sorriso no rosto e aproveita para cantar, brincar, dançar e paquerar, mas tudo de forma sadia, sem exageros e sem assédio! Sem beber demais e estragar a sua festa e a dos outros, sem brigas e sem confusão! Sem falta de educação! Com muito mais Alalaô, Paz e Amor, por favor! 🙏

E você, gosta de carnaval? Quais são suas lembranças de outros carnavais?

Gostou? Então compartilhe com seus amigos e não deixe de seguir o blog nas redes sociais!


   

Abraços e até o próximo embarque!

2 comentários:

  1. Sii. Minha mãe tem muitas fotos de nossos carnavais, vc de cigana, saia de tule...pena que estão com ela. Eu pequenina no meio das maiorezinhas. Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Jaky! Quando tiver oportunidade de pegar com ela, digitaliza e envia pra mim! Não tenho nenhuma foto daqueles carnavais.
      bjs

      Excluir

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!