.

Tour SP: Visita Guiada à Sala São Paulo

Em meio a um entorno pouco preservado, no bairro da Luz, há uma construção de beleza e importância histórica inegáveis: a Sala São Paulo.

Instalada onde, no auge do período cafeeiro, encontrava-se a Ferrovia Sorocabana, a Sala São Paulo é considerada a melhor sala de concertos da América Latina. Palco de apresentações memoráveis é motivo de orgulho não apenas para nós paulistanos, mas também para todos os brasileiros.

O bacana é que além de assistir aos concertos, é possível conhecer os detalhes arquitetônicos e históricos do local através da visita monitorada.

(Foto: Gicelle Pereira)

Com duração de 50 minutos, a visita inicia-se com a exibição de um vídeo sobre a história do prédio.

(Foto: Simone Pequeno)

Em seguida o monitor convida os participantes a caminharem por outros espaços, como o saguão que divide, através de paredes antirruídos, a ativa estação de Trem Julio Prestes e a Sala São Paulo.

(Foto: Simone Pequeno)

Belos vitrais (Foto: Simone Pequeno)

(Foto: Simone Pequeno)

O passeio continua até chegar a tão esperada sala de concertos.

Sabia que essa exuberante sala foi erguida onde antigamente havia um jardim interno? Dá pra acreditar?

Sala São Paulo (Foto: Simone Pequeno)

Colunas em estilo grego (Foto: Simone Pequeno


E as curiosidades não param por aí, descobri que a Sala São Paulo é a única no mundo a possuir todo o teto móvel. Normalmente a mobilidade é apenas na parte sobre o palco.

Parte do forro móvel (Foto: Simone Pequeno)

O  seu famoso forro acústico móvel é composto por 15 placas de aço, de 7,5 toneladas cada uma. O teto é movimentado (para cima ou para baixo) para ajustar a acústica de acordo com cada apresentação.

(Foto: Simone Pequeno)

Em detalhe (Foto: Simone Pequeno)

No entanto, não é apenas o teto móvel o responsável pela excelente acústica, na verdade é um conjunto de fatores, como por exemplo o formato e material das cadeiras.

(Foto: Simone Pequeno)

Tudo foi minuciosamente planejado para ter uma ótima acústica.

Durante a visita pode-se comprovar este fato com o seguinte teste: no saguão todos bateram as palmas ao mesmo tempo e foi possível ouvir eco. Ao fazer o mesmo dentro da sala de concerto não teve nenhum eco, ou seja, o som foi ouvido no exato momento em que aconteceu, de forma limpa e cristalina, incrível!

(Foto: Gicelle Pereira)

O prédio de 1938, iniciou a restauração em 1997 e foi inaugurado em 1999, tornando-se a casa da OSESP - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.

Desde então belos concertos acontecem ali e nas manhãs de domingo há apresentação gratuita aberta ao público, basta retirar os ingressos durante a semana ou ingressos remanescentes horas antes do concerto.

(Foto: Simone Pequeno)

Já assisti a uma dessas apresentações e compartilhei aqui no blog, veja detalhes neste post.

Última apresentação matinal em 2015 (Foto: Simone Pequeno)

(Foto: Simone Pequeno)

Apesar da localização não muito favorável, vale super a pena visitá-la. Se for de trem, desça na Estação Julio Prestes e caminhe poucos metros para chegar à Sala São Paulo. Este trecho tem policiamento.

Mais informações:
Sala São Paulo
Endereço: Praça Julio Prestes, 16 - Bairro: Luz - São Paulo/SP (Ao lado da Estação Julio Prestes da CPTM)
Telefone: (11) 3367-9573
Visitas Monitoradas: de segunda a Sexta das 13h às 16h30 - Valor R$ 5,00
Sábado às 13h30 e domingo às 13h (em dias de concerto matinal) entrada gratuita
Agendamento: Agende sua visita por e-mail visita@osesp.art.br

Gostou? Aproveite para seguir o blog nas redes sociais!

   

Abraços e até o próximo embarque!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!