.

Casa do Doce e Engenho de Cachaça em Areia/PB

Este é o último post sobre a minha viagem de férias à cidade de Areia/PB.

Além de ser conhecida como a "Terra da Cultura", Areia também é famosa pelos seus engenhos.

Na metade do século XIX havia mais de 120 engenhos na cidade, atualmente há cerca de 28 em funcionamento, alguns deles estão abertos à visitação.

Claro que eu não poderia deixar de conhecer ao menos um deles!

Apesar de não beber, escolhi o Engenho Triunfo, produtor de cachaça e foi ótimo, pois além de conhecê-lo, durante o trajeto  tive a grata surpresa de encontrar mais um lugarzinho encantador e repleto de gostosuras.


Engenho Triunfo, Areia, PB
(Foto: Simone Silva)

Como foi a Burger Fest: 30 horas, burgers, food trucks e muita gordice

No fim de semana passado aconteceu o Burger Fest (Burger Weekend), um festival grandioso com a participação das melhores hamburguerias de São Paulo.

Burger Fest (Hamburguerias e food truks)
(Foto: Simone Silva)

Estive lá no sábado à tarde e contarei como foi, para você que não pôde ir ter uma ideia de como tudo aconteceu e poder se preparar para as próximas edições (espero que sejam muitas rs).

Teatro Grátis: dicas de espetáculos gratuitos em São Paulo

Foi o tempo em que a desculpa de não ir ao teatro era o preço alto dos ingressos. Claro que, ainda, a maioria continua com valores pouco atrativos, mas atualmente há a oportunidade de assistir a ótimos espetáculos, com entrada franca!

Nada de torcer o nariz, ein? rs Espetáculo gratuito NÃO é sinônimo de má qualidade, muito pelo contrário. Já paguei caro para assistir à peças que não chegaram aos pés de algumas gratuitas.

Por isso, a dica para o final de semana em São Paulo é convidá=lo a sair de casa para ver uns dos ótimos espetáculos GRATUITOS espalhados pela cidade. E aí, topa?

Logo: Simone Silva pelo site picmonkey

2 anos embarcando neste Blog


Logo: Simone Silva pelo site picmonkey
Hoje é dia de festa! É o aniversário do blog! Dois aninhos de existência!

Mas será mesmo que tenho o quê comemorar?


Museu Casa Pedro Américo, o artista do quadro "'Independência ou Morte"

Hoje trago mais uma parte da  minha viagem de férias deste ano. Pensaram que eu tinha esquecido, né? Mas não esqueci e como promessa é divida, aqui estou para cimprí-la relatando sobre um dos museus da cidade de Areia/PB.

Em meio ao casario colorido da cidade encontra-se o Museu Casa Pedro Américo.

Filho ilustre de Areia, é autor de um dos quadros mais conhecidos no Brasil: Independência ou Morte que faz parte do acervo do Museu Paulista (Museu do Ipiranga), em São Paulo.
Museu Casa Pedro Américo, Areia, PB
Placa de homenagem quando do centenário de nascimento do artista (Foto: Simone Silva)

Confesso que não sabia que ele era paraibano. É mais um nordestino que deixou sua bela contribuição artística ao país ;) Que maravilha!

O museu está instalado na casa onde Pedro Américo nasceu e e viveu parte de sua infância.

#2 - Exposições menos badaladas

... porém não menos interessantes

Há alguns meses trouxe o primeiro post desta série e pelo que percebi vocês gostaram, então vamos a segunda postagem!

Em agosto publiquei na fanpage do blog uma curiosa matéria onde era solicitada a doação de sapatos usados e cartas de agradecimentos, para fazerem parte de uma exposição da artista Chiharu Shiota

Sapatos velhos? Cartas? Em um primeiro momento parece estanho, não é mesmo? Mas não é! A mostra é repleta de sensibilidade e reflexões, e com sutileza ainda traz um grande aprendizado aos visitantes.

Confiram o resultado final!


Exposição: Em busca do destino, Chiharu Shiota, Sesc Pinheiros, São Paulo
Chiharu Shiota: Em Busca do Destino (Foto: Simone Silva)

Saibam onde encontrar o autêntico pão de queijo mineiro em São Paulo

Sábado passado estive no bairro de Pinheiros e resolvi conhecer um local que, após ter visto em um programa de TV, inclui na minha lista de "cantinhos gastronômicos a visitar"..

Um lugar aconchegante com jeitinho de casa de vó, propício para prosear tomando um cafezin com o autêntico pãozin de queij0 mineiro...hummm...


Pãozin, pão de queijo artesanal
Precisamos de mais prosa (Foto: Simone Silva)

Día de los Muertos: do México para São Paulo

Como sabem, o dia de finados é celebrado de diferentes formas em diferentes países e religiões.

No Brasil, a maioria das pessoas vai aos cemitérios e leva flores para colocar nos túmulos dos entes queridos. Costuma ser um momento silencioso, de oração, de lembranças, onde a saudade e a tristeza se misturam de tal forma a serem confundidas.

Há outros países que possuem a cultura de ver a morte de uma outra maneira, tanto que o dia de finados é celebrado com festa, como é o caso do México.


Día de los Muertos, México. Museu da Imigração
Altar do Día de los Muertos (Foto: Simone Silva)