.

Como foi minha 1ª vez em uma Ópera?

Dicas e opinião de uma espectadora comum...

Olá viajantes! Semana passada compartilhei sobre minha visita guiada pelo Theatro Municipal de São Paulo, estão lembrados? Para quem não viu, é só clicar aqui!

Como eu havia dito, durante a visita não pude conhecer a Sala de Espetáculos, pois havia ensaios :(

Passado alguns anos, finalmente tive a oportunidade de conhecê-la. E para recompensar o longo tempo de espera, não foi uma simples visita, mas sim algo em grande estilo: assistí a uma Ópera!

Em se tratando de ópera muitas pessoas torcem o nariz, dizem que é cansativa, sonolenta, monótona e tanto outros rótulos nada agradáveis...mas será que é mesmo assim?

Curiosa, como sou, aceitei o convite de uma amiga e lá fui eu em um sábado à noite assistir à ópera Eugene Onegin, para tirar minhas próprias conclusões e "de quebra" ainda conhecer a belíssima Sala de Espetáculos do Theatro Municipal.

(Foto: Gicelle Pereira)

Querem saber como foi minha experiência? Tchan, tchan, tchan, tchan...

Duas semanas antes do espetáculo participei da palestra ministrada por Irineu Franco Perpétuo, com duração aproximada de uma hora.

Salão onde foi ministrada a palestra (Foto: Simone Silva)

Se vocês forem à ópera, sugiro que assistam a palestra, principalmente, se for a primeira vez, como foi no meu caso.

Para mim, foi de extrema importância participar, pois além de conhecer detalhes sobre a história Eugene Onegin, aprendi um pouco sobre ópera em geral.



Após tanta expectativa enfim chegou o grande dia!

As portas foram abertas uma hora antes do início do espetáculo. Foi impossível deixar de registrar cada momento que o antecedeu, portanto, fotografei muito, em vários ambientes.

Euzinha (Foto: Gicelle Pereira)


(Foto: Gicelle Pereira)

Quem quiser, pode aproveitar esse tempinho e passar no Café do Theatro, mas adianto que é tudo muito caro :(

O livreto com o Programa da Ópera estava sendo vendido por R$ 10,00 e era bem completo, muito bom mesmo, ele que nos salvou...daqui a pouco vocês saberão o porquê hehehe

Após a sessão de fotos hahahaha, finalmente estava preparada para adentrar na Sala de Espetáculos.

Parte do palco e da plateia (Foto: Gicelle Pereira)

(Foto: Gicelle Pereira)

(Foto: Gicelle Pereira)

(Foto: Gicelle Pereira

Imaginava que fôsse um pouco maior, mas, mesmo assim é lindíssima.

Minha amiga e eu ficamos no Balcão N. Até tínhamos uma boa visão do palco, no entanto, não dava para ver um pedacinho sequer da legenda. Que desespero! Afinal, essa ópera é toda em russo :O

Daí entra a importância de ter assistido a palestra e de ter comprado o Programa da peça ufaaaa...só assim para ter ideia do que estava acontecendo. Por isso, recomendo que antes de comprarem os ingressos, verifiquem se o assento permite uma boa visão da legenda.

Passado esse sufoco inicial rs, tudo é tão glamouroso, o local, as pessoas bem vestidas, a imponência da orquestra e do maestro, as músicas, os artistas, enfim...acostumada a ir a shows de estilos mais populares (rock, MPB, sertanejo, samba), a ópera era tão distante do meu mundo que a sensação era que eu tinha sido teletransportada para um filme clássico de época ou para a década de 20, sei lá rs...

Só sei que gostei muito e que saí de lá com vontade de assistir outra ópera e também de ver uma apresentação de ballet clássico.

Quanto a ser cansativo, concordo que devido a duração ser extensa e também pelo tardar das horas rs, no finalzinho bateu um cansaço, por isso da próxima vez irei em um domingo, onde o espetáculo inicia-se mais cedo, por volta das 18h. 

Mesmo assim, não achei monótono e nem tão pouco desinteressante, muito pelo contrário.

Se vocês ainda não foram, façam como eu, vão e tirem suas próprias conclusões. Gostar ou não, é algo muito pessoal, mas o importante é terem essa experiência, nem que seja uma única vez ;)

Resumo das dicas para primeira vez:
- Comprem ingressos em assentos que permitam ver a legenda;
- assistam à palestra sobre a ópera;
- no dia do espetáculo cheguem mais cedo para admirar, conhecer e fotografar alguns ambientes do Theatro;
- comprem o Programa do espetáculo;
- e o mais importante: abram a mente, estejam dispostos a adquirirem e apreciarem algo novo, toda experiência com a arte é sempre válida.

Próximas metas: ir à Sala São Paulo e assistir a uma apresentação de ballet clássico no Theatro Municipal ;)

E vocês? Já assistiram a uma ópera? Compartilhem conosco, deixem seus comentários!

Abraços e até o próximo embarque!  


4 comentários:

  1. Já fui à Sala São Paulo várias vezes com um dos netos. É deslumbrante! Vale ver. O maior problema é o entorno... Já assisti uma ópera no Theatro Municipal de São Paulo: Turandot. Temos que viver essas experiências maravilhosas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nazareth! Tem razão o entorno da Sala São Paulo não é lá muito convidativo, ainda assim, irei, talvez em um horário mais cedo...vou pesquisar a programação de lá ;)
      bjs

      Excluir
  2. Parabéns, como sempre você trazendo coisas diferentes. Nunca pensei em ir a uma ópera, seria até uma boa né?!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Angélica! Claro que é uma boa! É muito bom vivenciarmos coisas novas ;)
      bjs

      Excluir

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!