.

Jardim Botânico de São Paulo

Morar em uma metrópole é bom, porque sempre há lugares novos para visitar. Entediar-se é praticamente impossível.

Esse é o meu caso, como sabem moro na capital paulista e diante de tantos atrativos que essa cidade efervescente proporciona, aos pouquinhos estou conhecendo e desvendando muitos deles.

E, claro que, a medida que isso ocorre passo por aqui para compartilhar com vocês ;)

Como já disse algumas vezes, aprecio passear pelos parques de Sampa e um dos que eu tinha muita vontade de conhecer era o Jardim Botânico de São Paulo.

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Entrada do Jardim Botânico (Foto: Simone Silva)

Aproveitei um sábado de novembro para conhecê-lo e posso dizer que superou as minhas expectativas.

Projetado pelo naturalista mineiro Frederico Carlos Hoehne, em 1928, é um lugar charmoso, aconchegante e bem conservado.

Atualmente faz parte do Instituto de Botânica de São Paulo.

Além disso, está inserido no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, mais conhecido como Parque do Estado. Sinceramente, eu não sabia que tinha esse nome tão bonito, preferia chamá-lo assim

O local oferece muitos atrativos, vamos conferi-los?

Alameda Von Martius:
Assim como no Jardim Botânico do Rio, no de Sampa também há palmeiras imperiais ;)

As daqui ficam na Alameda Von Martius, próximo ao estacionamento do local.

Jardim Botânico
Alameda Von Martius e suas palmeiras imperiais (Foto: Simone Silva)

No gramado lateral há espaços aconchegantes, com flores e bancos, propícios para contemplar a natureza e até ouvir o canto dos pássaros.

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Pássao dando seu show rs (Foto: Simone Silva)

Alameda Fernando Costa:
Ao passar a catraca da entrada, em frente, já pode ser observada esta alameda. É uma passarela suspensa com 250 metros de extensão, onde pode-se observar a mata e o Córrrego Pirarungáua.

Quase no final da passarela encontram-se os acessos para a lojinha de souvenirs e o restaurante, bem carinho "por sinal": R$50,00/kg :O Há opções mais baratas, como salgados por R$3,50, sorvetes, refrigerantes e sucos.

Jardim Botânico
Lojinha de souvenis (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Restaurante (Foto: Simone Silva)

Córrrego Pirarungáua:
É um afluente do Riacho do Ipiranga. Isso mesmo, aquele onde ocorreu o histórico grito  de "Independência ou Morte".

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Córrego Pirarungáua (Foto: Simone Silva)


Museu Botânico Dr. João Barbosa Rodrigues:
Inaugurado em 1942, sua construção possui o formato de uma cruz.

Jardim Botânico
Mysey Botânico (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Estão expostos diversos exemplares da nossa flora.

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Exemplares da flora (Foto: Simone Silva)

Conta ainda com uma sala histórica com móveis e utensílios utilizados por botânicos, um belíssimo vitral no teto da sala central e um equipamento interativo de pesquisa sobre o Jardim Botânico e todas as suas atrações.

Jardim Botânico
Sala histórica (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Teto de vitral com espécies da flora (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Máquina de pesquisa (Foto: Simone Silva)

Jardim de Lineu:
Neste lindo jardim, inspirado no Jardim Botânico de Upsala (Suécia), encontram-se as escadarias datadas de 1928 e o símbolo do parque: as estufas Dr. Frederico Carlos Hoehne feitas de estruturas de ferro.

Jardim Botânico
Escadarias de 1928 que dão acesso à trilha de terra batida (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
As famosas estufas (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Parte interna de uma das estufas (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Interior da outra estufa (Foto: Simone Silva)

Lago das ninféias:
[E mais um local encantador, formado pelo represamento do Córrego Pirarungáua, repleto de plantas aquáticas principalmente ninféias. (flor símbolo do Jardim Botânico)

Jardim Botânico
Lago das ninféias (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Uma das lindas ninféias (Foto: Simone Silva)

Neste lugar, inspiração para fotografar é o que não falta.

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim dos Sentidos:
Um dos espaços que mais gostei! Uma delícia caminhar sentindo o aroma de diversas plantas como a lavanda, por exemplo.

Jardim Botânico
Lavanda (Foto: Simone Silva)

Local adaptado para atender aos deficientes visuais e cadeirantes #turismoacessível

Portão Histórico:
Datado de 1894 foi o primeiro portão colocado no Parque do Estado.

Jardim Botânico
Lindo (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)


Túnel de bambu:
Trilha, um pouco íngreme, sob um túnel formado por bambus.

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Túnel do bambu (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)


Trilha da Nascente:
Percurso de 360m que leva os visitantes a uma das nascentes do Riacho do Ipiranga, através de uma passarela suspensa em meio a Mata Atlântica. Uma ótima experiência.

Jardim Botânico
Trilha da Nascente (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Passarela suspensa (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
Orquídea (Foto: Simone Silva)

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)


Castelinho:
Localizado ao lado da Trilha da Nascente, o castelinho é uma construção feita de taipa de pilão, onde a criança "faz a festa" subindo e descendo a escadinha interna, haja pique hahahaha

Jardim Botânico
Castelinho (Foto: Simone Silva)

Adorei conhecer o Jardim Botânico, é um local tranquilo e bem cuidado. Ao menos no dia em que estive não estava cheio, era só sossego hehehe, muito bom passear por lá.

Jardim Botânico
(Foto: Simone Silva)

Pelo que pude presenciar é um dos lugares preferidos para fotografar noivos e gestantes. Encontrei cinco gestantes fazendo "book" e dois casais de noivos. Fica a dica para os noivinhos e para as futuras mamães ;)

Mais informações:
Endereço: Av. Miguel Stéfano, 3031 –  Bairro: Água Funda – São Paulo/SP
Telefone: (11) 5067-6000 / 5067-6300
Horário de funcionamento: De terça a domingo e feriados (incluindo feriados que caem na segunda-feira) das 9h às 17h
Ingresso: R$ 5,00 (inteira) e R$ 2,50 (meia entrada para estudantes e pessoas maiores de 60 anos)
Como chegar de transporte público:
Linhas de ônibus que passam próximo ao Jardim Botânico:
4491-10    Zoológico – Term. Pq. Dom Pedro II
4742-10    Jd. Clímax– Metrô São Judas

475R-10    Jd. São Savério – Term. Pq. Dom Pedro II
Site: http://botanica.sp.gov.br/

3 comentários:

  1. Nunca fui Lá.; Agora preciso que alguém me leve. Vou pedir aos filhos e netos. Parabéns por documentar essas maravilhas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nazareth, muito obrigada!
      Peça mesmo que alguém a acompanhe, a sra vai adorar o local, é muito agradável ;)

      Excluir
  2. Alguém sabe me dizer por que a ponte é suspensa?
    Meu filho precisa responder essa questão para um trabalho na escola?

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!