.

São Roque muito além dos vinhos

Há cidades que se sobressaem em um determinado segmento, tornando-se tão conhecidas por isso que muitas vezes são até nomeadas como a cidade de "alguma coisa". 

No Estado de São Paulo, assim como em todo Brasil, há vários exemplos: Campos do Jordão (Suíça brasileira), Holambra (a cidade das flores), Itu (a cidade dos exageros) e assim por diante.

Outra cidade incluída neste caso é São Roque: a terra do vinho.

Fundada em 16 de agosto de 1657 pelo capitão Pedro Vaz de Barros, a cidade recebeu este nome devido a devoção do seu fundador pelo santo.

Anos mais tarde, com a vinda dos imigrantes italianos e portugueses teve início ao cultivo da uva. As encostas dos morros foram cobertas por vinhedos, houve a instalação das adegas e a partir daí a cidade foi transformada na "Terra do Vinho".

Esse "título", presente até hoje, está cada vez mais forte, tanto que os visitantes podem vivenciar um pouco dessa cultura através da "Rota do vinho" e também da Expo São Roque, festa do vinho que acontece anualmente (dedicarei um post especialmente a este evento).

No entanto, São Roque possui atrativos muito além dos vinhos e é sobre isso que falarei hoje. Vejam:

Igreja Matriz e Praça da República:
A Igreja Matriz de São Roque é considerada a maior igreja dedicada ao santo, no Brasil.

A construção original chamada de “Matriz Velha” data-se do século XVII e permaneceu até 1937, depois de passar diversas vezes por reformas.

Após esse ano teve início a construção da atual Matriz, localizada na Praça de mesmo nome.


Igreja Matriz de São Roque (Foto: Simone Silva)

Seu interior é uma verdadeira obra de arte, realizada pelos irmãos Gentili que contaram a história de São Roque, através das pinturas nas paredes e vitrais da igreja. Recomendo a visita, independente da religião.


Altar (Foto: Simone Silva)

Um dos vitrais (Foto: Simone Silva)

Próximo dali encontra-se a Praça da República, bem cuidada é uma típica pracinha com direito a chafariz no centro, rodeada de belas flores e até um coreto.

Praça da República (Foto: Simone Silva)

Coreto (Foto: Simone Silva)

Centro Cultural Brasital:
O Centro Cultural Brasital está instalado nos prédios da antiga fábrica têxtil, fundada em 1890 pelo italiano Enrico Dell’Acqua.


Centro Cultural Brasital (Foto: Simone Silva)

A denominação Brasital surgiu em 1919 e refere-se a união dos nomes dos países Brasil e Itália.

Considerado um dos prédios históricos mais importantes da cidade, atualmente abriga departamentos da prefeitura, como da Educação, da Cultura e do Turismo. Além de contar com biblioteca e galpões onde são promovidos cursos profissionalizantes, oficinas culturais e sala de música.


Centro Cultural Brasital (Foto: Simone Silva)

Centro Cultural Brasital (Foto: Simone Silva)

Estive neste local em um sábado de 2012 e foi uma visita rápida, pois não tinha muito que fazer.

Recomendo a visita aos apaixonados por fotografia. Toda a área traz inspiração para os olhares talentosos e criativos dos fotógrafos, sejam eles profissionais ou amadores. 

Mais informações: 
Endereço: Av. Aracaí, 280 - Bairro: Vila Aguiar - São Roque/SP
Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h30 às 16h
Ingresso: Gratuito

Sítio Santo Antonio:
O Sítio Santo Antonio abriga duas construções históricas de grande riqueza arquitetônica: a Casa Grande (1650) e a Capela de Santo Antonio (1681), construídas por Fernão Paes de Barros.

Casa Grande (Foto: Simone Silva)

Capela de Santo Antonio (Foto: Simone Silva)

O escritor modernista Mário de Andrade tornou-se proprietário do local e em 1947 doou ao Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Atualmente, na Casa Grande não há móveis, mas na Capela ainda encontram-se alguns objetos originais. É uma viagem ao tempo dos Bandeirantes.

Parte interna da Casa Grande (Foto: Simone Silva)

Parte interna da Capela de Santo Antonio (Foto: Simone Silva)

Parte interna da Capela de Santo Antonio (Foto: Simone Silva)

Imagem de Santo Antono (Foto: Simone Silva)

Mais informações: 
Endereço: Estrada Mário de Andrade Km 08 (totalmente asfaltada) - São Roque/SP
Horário de funcionamento: Sábados, domingos e feriados das 9h30 às 16h
Ingresso:Adulto: R$2,00 - Crianças e maiores de 60 anos: R$ 1,00 
Obs.: Há visita monitorada aos finais de semana e venda de souvenir

Ski Montain Park:
É sem dúvida um dos lugares mais famosos da cidade, por isso que apesar de ainda não ter estado neste local, não poderia deixar de falar sobre ele. 

Além da pista de esqui (Atração principal) o parque oferece diversão para toda a família: teleférico, tobogã, arvorismo (adulto e kids), passeio a cavalo, paintball, trilha ecológica e playground.


Foto: Divulgação

Possui uma grande estrutura com restaurante, lanchonetes, lojas de lembrancinhas, artesanatos e vinhos, guarda volumes e estacionamento.

Assim que eu conhecê-lo contarei como foi minha experiência ;) 

Mais informações: 
Endereço: Av. Três de Maio, s/nº - São Roque/SP
Telefone: (11) 4712.3299
Horário de funcionamento: Sábados, Domingos, Feriados e Feriados prolongados das 10h às 18h
Ingresso: Vejam a tabela completa dos preços aqui
Site: http://www.skipark.com.br


Hospedagem:
Estive duas vezes em São Roque, ambas foram "bate e volta", mas a cidade oferece uma boa infraestrutura, hotéis e pousadas aos interessados em passar um final de semana ou mais dias, para aproveitar bem os atrativos da cidade.

Neste caso, recomendo pesquisarem e reservarem pelo Booking.com através do link abaixo. Desta forma, além de conseguirem ótimas opções e preços, ajudarão o blog sem gastar nada a mais por isso.

 

Veja o passo a passo de como reservar aqui!

Como chegar:
Saindo de São Paulo:
De ônibus:
O ônibus sai do Terminal Rodoviário Barra Funda, localizado ao lado da Estação Barra Funda do Metrô e da CPTM.

Atualmente o preço da passagem (ida e volta) custa por volta de R$ 33,00, através da Viação Cometa e da Viação Piracicabana. Ambas possuem vários horários de saída. A viagem dura em torno de 1h50, dependendo do trânsito, claro☺

De carro:
Vejam no mapa abaixo.

Fonte: www.guiasaoroque.com.br

E vocês já estiveram em São Roque?


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!