.

Museu da Imigração

Existem alguns lugares em Sampa que simplesmente amo e que "vire e mexe" volto a visitar. Um desses cantinhos ficou fechado para restauro por aproximadamente quatro anos e eu já estava morrendo de saudades rs, mas finalmente foi reinaugurado em Maio/2014 e está lindo!

Novo Museu da Imigração (Foto: Simone Silva)



Estou falando do Museu da Imigração (antigo Memorial do Imigrante). É isso mesmo, além de ter sido totalmente repaginado ganhou um novo nome =)

Localizado na antiga Hospedaria dos Imigrantes, este local nos faz viajar no tempo e voltar a uma São Paulo de mais de 100 anos atrás.

Livro de matrícula de imigrantes (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

Impossível percorrer suas instalações e não imaginar como era a chegada dos imigrantes, cheios de expectativas, sonhos e anseios de recomeçar a vida em uma terra nova, distante e diferente dos costumes vividos por eles até então.

É isso que o Museu da Imigração mostra e propõe aos visitantes de uma forma primorosa.

Muita coisa mudou após o restauro, o museu tornou-se mais interativo e moderno, porém sem perder a essência e delicadeza dos detalhes da época e da sua história.

ANTES: Memorial do Imigrante (Foto: Simone Silva)

DEPOIS: Museu da Imigração (Foto: Simone Silva)

ANTES: Dormitório (Foto: Simone Silva)

DEPOIS: Dormitório (Foto: Simone Silva)

ANTES (Foto: Simone Silva)

DEPOIS (Foto: Simone Silva)

Essa interatividade pode ser notada principalmente na Exposição de longa duração "Migrar: experiências, memórias e identidades". Localizada no primeiro andar do prédio, a mostra foi muito bem dividida e conta com vídeos, projeções, depoimentos de imigrantes, vejam:

Exposição Migrar (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

Depoimentos (Foto: Simone Silva)

Uma das instalações mais interessantes é a reprodução do refeitório e do dormitório dos imigrantes. Nesse espaço, há um grande móvel com várias gavetas e nelas há cartas e documentos da época da hospedaria.

Parede de gavetas (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

Gavetas com cartas e documentos (Foto: Simone Silva)
 
Dormitório (Foto: Simone Silva)
 
Refeitório com projeções (Foto: Simone Silva)

É tudo muito caprichado e detalhado, tanto que na sala que reproduz o refeitório colocaram até um som ambiente de pessoas conversando e mexendo nos talheres, dando a impressão de estarmos realmente em um refeitório.

Em outro módulo da exposição encontra-se a contribuição dada pelos migrantes e imigrantes à cultura dos moradores da cidade de São Paulo.

Contribuição dos imigrantes na religiosidade (Foto: Simone Silva)

Contribuição do imigrantes na gastronomia (Foto: Simone Silva)

No final, está entalhado em um paredão de madeira todos os sobrenomes dos imigrantes que passaram pela hospedaria.

Sobrenomes dos imigrantes (Foto: Simone Silva)

Após visitar a exposição aproveitem para conversar ou ler um livro no belo jardim do museu ou até mesmo fazer um lanchinho no novo Café que tem vista para o jardim, com certeza será um passeio muito agradável. Eu amo! ;)

Jardim do Museu (Foto: Simone Silva)

Mais informações:
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Bairro: Entre Bresser e Brás - São Paulo/SP (Próximo das estações Brás e Bresser-Mooca do Metrô - Linha 3 - Vermelha)
Telefone: (11) 2692-1866
Horário de funcionamento: De terça a sábado das 9h às 17h e aos domingos das 10h às 17h.
Quinzenalmente, às sextas-feiras, é oferecida visitação noturna, ampliando seu horário de atendimento até as 21h, próxima data 01/08/2014.

Ingresso: Gratuito até final do mês de Julho/2014, exceto nos dias 26/07/14 e 27/07/14 que o ingresso custará R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia entrada)
Site: http://museudaimigracao.org.br/

2 comentários:

  1. Estive lá um tempão atrás, já passou da hora de voltar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, vai mesmo!!! Está lindo, você vai gostar ;)

      Excluir

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!