.

Tatuapé: você realmente o conhece?

Hoje as dicas serão sobre o Bairro Tatuapé, nome de origem tupi que significa caminho dos tatus: tatu (tatu) e apé (caminho).

No início da sua história, em 1560, esse era o nome de um ribeirão (Tatu Apé) que tinha sua foz no Rio Grande (Rio Tietê), quando Brás Cubas saiu da cidade de Santos, da qual foi fundador, chegou a São Paulo e se instalou próximo a foz deste ribeirão.

No final do século XIX com a vinda do italiano Benedito Marengo, deu início ao crescimento da região, devido ao cultivo da uva.

Atualmente, o bairro vive em constante ascensão e é muito conhecido pela sua agitada vida noturna, isso se deve ao grande número de bares e baladas que há na região.

No entanto, enganam-se os que pensam que as dicas serão sobre este tema. Muito pelo contrário, optei por locais para aproveitarem a vida diurna deste belo bairro ;) Vamos a eles?

Belém e Belenzinho: a tradição

Olá pessoal! Dando início a série "SP na Copa" o primeiro bairro da ZL (Zona Leste) a ser desvendado é o meu querido Belém!

Belém é um bairro tradicional de São Paulo e foi muito importante no período da implantação das indústrias na capital. Nele haviam muitas delas, principalmente tecelagens e fábricas de vidros.

Atualmente, a maioria está desativada e em seu lugar foram instaladas outras empresas e até mesmo prédios residenciais.

Não sou contra a modernização, mas é uma pena demolirem essas construções antigas que fazem parte da história da cidade.

Apesar disso, ainda é possível encontrar locais que guardam preciosidades daquela época, se bem que muitas vezes não tão preservados.


Por isso que contarei um pouco mais sobre três locais que merecem ser visitados no Belém/Belenzinho. Vamos lá?

SP na Copa

Quem curte a fanpage do blog viu, nos últimos dias, "chamadas" para uma novidade que viria em breve, certo?

E a hora chegou! A menos de um mês para começar a Copa do Mundo teremos um Especial aqui no blog: o "SP na Copa" ;)

Logo: Simone Silva pelo site picmonkey

5 Dicas para economizar em Curitiba

Olá, finalmente vou estrear o espaço reservado apenas para dicas!!! Obaaaaa!!!!

Isso não significa que os outros espaços do blog não tenham dicas, muito pelo contrário. Relato minhas experiências em viagens e passeios e sempre acrescento dicas e sugestões, porém aqui é um local exclusivo para dicas, ok?

Então vamos deixar de blá blá blá e ir ao que interessa ;)

Como prometido no post anterior, trago para vocês cinco dicas para economizarem quando estiverem em Curitiba. São elas:

48 horas em Curitiba (Parte II)

Continuando a viagem a Curitiba, hoje contarei sobre o 2º dia de passeios.

Como eu tinha apenas um dia para conhecer tantos lugares, resolvi utilizar a "Linha Turismo" de Curitiba e foi uma ótima ideia. Adorei!!!

A "Linha Turismo" passa pelos principais pontos turísticos da cidade. São ônibus de dois andares, confortáveis,  que dispõe de ar-condicionado no piso inferior, equipamentos de áudio (em português, inglês e espanhol) que fornecem as informações sobre os locais visitados e o piso superior, sem teto, proporcionando uma melhor visão aos passageiros.


Ônibus Linha Turismo (Foto: Simone Silva)

48 horas em Curitiba (Parte I)

Em 2010 além de viajar para Buenos Aires e Colonia del Sacramento, fiz uma viagem rápida, porém muito desejada. Viajei para Curitiba/PR!

Sempre tive muita vontade de conhecer essa bela cidade, conhecer o Jardim Botânico, o Teatro Ópera de Arame, ficava encantada ao ver pela televisão o coral natalino no Palácio Avenida :) Bom...ainda não pude ir no mês de Dezembro, fui em Junho, mas valeu muito a pena. Vamos conferir?

Como o título já diz, fiquei em Curitiba por 48 horas. Cheguei em uma sexta por volta das 14h e retornei para São Paulo em um domingo em torno das 15h.

Colonia del Sacramento (Bate e volta)

Olá pessoal!!! Hoje contarei sobre um "bate e volta" que fiz quando estava em Buenos Aires. Foi para Colonia del Sacramento no Uruguai. Uma delícia de lugar, uma cidadezinha linda que, mesmo em pouquíssimo tempo, ficou guardadinha no meu coração.

Sabe aquelas cidades pequenas, muito charmosas, com uma parte histórica linda e preservada, que não tem como não se apaixonar? Assim é Colonia del Sacramento, um vilarejo as margens do Río de la Plata que encanta a todos pela beleza e aconchego.

Só por essa introdução já perceberam que eu amei conhecer esse lugar, não é mesmo? kkkkk Por isso vou contar todos os detalhes para vocês, vamos lá?

"Mi Buenos Aires querido" (Parte VIII)

Olá queridos leitores, hoje é o dia do último post da série sobre Buenos Aires e confesso que já estou com saudade de relembrar essa que foi minha primeira viagem ao exterior.

Bom, nostalgia à parte vamos ao que interessa!!! kkkk Contarei como foi o passeio pelo "Tren de la Costa". Venham comigo!!!

Estão lembrados que comentei no primeiro post, que boa parte do planejamento e roteiro desta viagem eu fiz através da Comunidade Buenos Aires do orkut? (Vejam aqui)