.

Porto Feliz/SP

Hoje vocês estão convidados para descobrirem mais uma preciosidade do interior de São Paulo: a cidade de Porto Feliz!

Tive a possibilidade de conhecê-la, durante minha estadia em Itu (que está a apenas 25km de distância).

Ao chegar, o primeiro local que visitei foi a Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens, localizada na Praça Dr. José Sacramento e Silva.


Igreja N. Sra. Mãe dos Homens (Foto: Simone Silva)



Sua construção teve início em 1750 e assim como a Igreja Matriz N. Sra. da Candelária em Itu/SP, seu interior é no estilo barroco.

(Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

Como estive em um domingo pela manhã, era hora da missa e a igreja estava lotada.

Após o término da missa, tive a grata surpresa, que só mesmo uma cidade do interior poderia proporcionar: uma orquestra estava se apresentando na praça. Foi muito legal :)

(Foto: Simone Silva)

Assisti um pouco da apresentação e em seguida fui ao Parque das Monções, localizado bem pertinho desta praça.


(Foto: Simone Silva)

Adoro visitar parques!!! E o Parque das Monções, assim como o Parque Geológico do Varvito,  é um daqueles que tem algo a mais, é uma exposição a céu aberto, maravilhoso!!!

É localizado à margem esquerda do Rio Tietê (porém não tem mau cheiro, como na capital, ufaaa rs), foi inaugurado em 26 de abril de 1920 e tombado em 1972 pelo Condephaat.

O parque recebe este nome por estar no local exato de onde partiam as expedições monçoeiras, nos séculos XVII e XVIII, a busca de ouro nos Estado do Mato Grosso e Goiás.


Local de onde partiam as Monções (Foto: Simone Silva)

Está em uma grande área verde e logo na entrada os visitantes descem uma escadaria muito bonita, contornada por árvores e vegetação.


Escadaria (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

Durante a caminhada encontram-se as principais atrações, sempre com placas explicativas para os visitantes conhecerem a história do local. São elas:

Batelão:
A embarcação utilizada nas expedições era o batelão*, que levava alimentos, ferramentas, armas, munições, escravos e retornava com ouro e peles.
____________________________________________________
* Batelão: Canoa (piroga indígena) fabricada por um único tronco de Peróba ou Ximbúva. Essa grande canoa tinha 1,65m de largura, 12m de comprimento, 1,15m de profundidade e sua espessura de 0,67.
____________________________________________________

No parque há uma réplica do batelão.

Batelão (Foto: Simone Silva)

Monumento aos Bandeirantes:
Um monumento idealizado pelo historiador Afonso de Escragnolle Taunay  e esculpido pelo artista italiano Amedeo Zani.

Monumento aos Bandeirantes (Foto: Simone Silva)

Na parte inferior, há um painel no formato de um semicírculo com a reprodução em bronze de três importantes obras: "A benção das Canoas", do desenhista Hercule Florence, "A partida da monção", do pintor Almeida Júnior e "Largada de Porto Feliz", do artista Adrien Taunay.


Parte inferior do Monumento (Foto: Simone Silva)

Na parte central está uma coluna rostral (coluna ornada de rostros que se erguia em honra de uma vitória naval dos romanos) em mármore rosa, seguida em sua ponta de uma esfera armilar (símbolo das Grandes Navegações Portuguesas).


Coluna rostral e esfera armilar (Foto: Simone Silva)

Paredão Salitroso:
Um monumento natural e grandioso (30 metros de altura), formado por rocha salitrosa, calcário e arenito. Sua data de origem é indeterminada, por isso ainda é objeto de estudo. Diversos especialistas afirmam que este local abriga provas que esta região esteve submersa há milhões de anos.


Paredão Salitroso (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

Na minha humilde opinião rs, esta é  a melhor atração do parque, a mais surpreendente, observando-a percebe-se o quão pequeno somos diante do poder da natureza.


(Foto: Simone Silva)


Gruta Nossa Senhora de Lourdes:
Esta gruta foi idealizada pelos padres franceses Alexandre Hourdeau e Vitor Maria Cavron e construída no Paredão Salitroso por, segundo os sacerdotes, ser um local muito semelhante a gruta francesa localizada na cidade de Lourdes.


Gruta N. Sra. de Loudes (Foto: Simone Silva)

A construção teve apoio dos moradores de Porto Feliz que contribuíram com donativos. Foi inaugurada em 15 de agosto de 1924 e tornou-se uma réplica fiel da existente em Lourdes/França.

É um local que merece ser visitado, está localizado no finalzinho do Paredão Salitroso. Ao lado há um pátio amplo, que serve de mirante para observar o Rio Tietê e o local que iniciava o percurso das viagens realizadas pelas Monções.

Rio Tietê visto do mirante (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

Dica:
Anualmente, no mês de Outubro ocorre a Semana das Monções, onde acontecem diversos eventos como feira de artesanato, programação especial religiosa, desfiles e a tradicional peça teatral que conta sobre a época das expedições. Ótimo período para visitar Porto Feliz ;)


Mais informações:
Parque da Monções
Endereço: Rua dos Bandeirantes, s/nº - Bairro: Centro - Porto Feliz/SP
Horário de Funcionamento: Diariamente das 8h às 18h
Ingresso: A entrada é gratuita

E vocês já estiveram em Porto Feliz? Contem aqui!!! :D

Já curtiram a fanpage do blog??? Curtam e fiquem por dentro de todas as novidades ;)

2 comentários:

  1. Como sempre, Simone, você é uma desbravadora! Uma verdadeira bandeirante. Parabéns pelo seu belo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nazareth, que bom que gostou!!! Muito obrigada mesmo!!!
      bjs

      Excluir

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!