.

Itu (Parte II): cultura e história

Não só da fama de cidade dos exageros vive Itu. Ela possui uma rica e importante história e é sobre isso que falarei hoje. Vamos lá!!!

Igrejas e Artes:
No post anterior cometei sobre a Praça Padre Miguel, onde localiza-se o orelhão gigante e em seu entorno as lojinhas de souvenirs, pois bem, quando estiverem lá não deixem de visitar a Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária, que está em frente ao semáforo gigante.

Igreja Matriz N.Sra. da Candelária (Foto: Simone Silva)


Inaugurada em 1780, essa bela igreja tem seu interior no estilo barroco e rococó, além de guardar obras importantes assinadas por José Patrício da Silva, Padre Jesuíno do Monte Carmelo e Almeida Júnior.

Bela igreja (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

A calçada na entrada e na lateral da Igreja é feita de varvito (falarei mais sobre essa rocha no próximo post).

Vale muito a pena visitá-la ;)

Saindo desta igreja, seguindo pela Rua Barão de Itaim no finalzinho dela chega-se a Praça da Independência, onde localiza-se a Igreja Nossa Senhora do Carmo, mais uma igreja histórica, inaugurada em 1782, que vale a pena ser visitada.

Igreja N. Sra. do Carmo (Foto: Simone Silva)

Os admiradores de artes poderão contemplar belos exemplares de imagens sacras do século XVIII, bem como pinturas de autoria do Padre Jesuíno do Monte Carmelo.

Além desta Igreja, na Praça da Independência há uma pequena feira de artesanato, mas confesso que não achei muito atrativa, pois não tem muita variedade de produtos.

Desta praça também parte o trenzinho turístico que faz um passeio de aproximadamente 20 minutos pela cidade ao custo de R$5,00 (preço em Fevereiro/2014), as crianças adoram!


Museu Republicano - Convenção de Itu:
Na Rua Barão de Itaim encontra-se o Museu Republicano, palco da importante Convenção de Itu*. 

Museu Republicano (Foto: Simone Silva)

(Foto: Simone Silva)

____________________________________________________

* Convenção de Itu: presidida pelo agricultor João Tibiriçá Piratininga esta foi a primeira convenção republicana.

Na época Itu era uma grande potência política e reunia um número significativo de opositores da monarquia, por este fato, foi eleita para sediar a importante convenção republicana.

Foi realizada em 18 de abril de 1873, exatamente um dia após a inauguração da Estrada de Ferro Ituana, que foi construída pelos fazendeiros, sem nenhum tipo de ajuda do governo.

Contou com a participação de 133 pessoas. Foi um marco, o primeiro passo em defesa da Proclamação da República (ocorrida após 16 anos desta convenção) e da fundação do Partido Republicano Paulista (PRP).

Devido a esse fato, Itu recebeu o título de "Berço da República". 
____________________________________________________

O Museu Republicano está instalado no sobrado que pertenceu a família Almeida Prado e que sediou a Convenção Republicana. É uma bela construção, logo na entrada as paredes são cobertas por azulejos no estilo português.

Entrada (Foto retirada do site do Museu Republicano)

No piso superior, além de móveis e quadros de personalidades da época, há também a Tela pintada pelo artista ituano Jonas de Barros, que retrata a Convenção de Itu. O curioso é que nesse quadro há 134 homens, sendo: 133 vestidos de preto (representando os participantes da convenção) e um vestido de marrom que representa o pintor da tela rs

Quadro "Convenção de Itu" do artista Jonas de Barros

Sala que representa a Convenção (Foto retirada do site do Museu Republicano)

Piso superior (Foto retirada do site do Museu Republicano)

Mais informações:
Endereço: Rua Barão de Itaim, 67 - Bairro: Centro - Itu/SP
Telefone: (11) 4023-0240
Funcionamento: De terça a domingo das 10h às 17h
Ingresso: Entrada Gratuita
Site: http://mr.vitis.uspnet.usp.br/index.php

No próximo post contarei sobre uma bela surpresa que Itu reserva a seus visitantes. Não percam!!!

Já curtiram a fanpage do blog??? Curtam e fiquem por dentro de todas as novidades ;)

2 comentários:

  1. Nossa, eu PRECISO visitar o Museu Republicano!!! Está tão pertinho eu nunca fui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda vai mesmo! Vale muito a pena, apesar de ser relativamente pequeno, é muito interessante. As instalações são preservadas, muito bem cuidadas, eu gostei bastante. Sem contar, toda a história que ele traz, se puder fazer uma visita guiada melhor ainda, assim conhecerá os detalhes...enfim...visita mais do que recomendada ;)

      Excluir

Deixe seu comentário! Sua participação é muito importante para nós!